quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Afinal, por que mulher gosta tanto de ouvir um não??


Há algumas semanas, tenho assistido ao Big Brother Brasil (sim, eu sei, é um programa totalmente sem cultura, mas tenho certeza que você também assiste!) e fiquei reparando nas patéticas cenas em que Maria inferniza a vida de Mau Mau – cara mais sem graça, na minha opinião – sem a menor chance de sucesso. Então me deparei com a seguinte questão: Afinal, por que mulher gosta tanto de ouvir um não???
Tudo bem, eu entendo que existe uma certa graça na teoria “quanto mais difícil, melhor”, isso até faz certo sentido, já que homem extremamente fácil (assim como mulher) é a coisa mais sem graça do mundo. Mas daí a se humilhar, fazer joguinhos, infernizar a vida do cara e outras cositas más, já não é demais???
Longe de mim, vir aqui para dar lição de moral, afinal, também sou mulher e não estou livre da síndrome “quero esse cara a todo custo”, mas vamos concordar que às vezes muitas passam dos limites com essa tal determinação. O problema é que a mulherada tá vivendo uma verdadeira crise de identidade com toda essa liberdade que elas tanto lutaram para conseguir. Se formos parar para pensar, é até compreensível, pois, hoje a mulher quer a todo custo, mostrar que é independente, que é dona do próprio nariz e faz o que bem entender da própria vida. Ok, até aí, tudo bem. Só que o negócio complica quando ela não consegue encontrar um equilíbrio entre ser uma mulher de atitude e mostrar que tem valor.
Calmaaaaaaaaaa, não vim aqui pra incentivar ninguém a bancar a santa puritana, mesmo porque isso é ridículo e os caras percebem logo de cara quem só tá fazendo tipinho de boa moça. Mas não custa nada segurar a periquita de vez em quando né meninas! Só você que liga ultimamente? Ele está sempre ocupado pra você?? Só lembra de você em alguns fins de semana depois da meia noite??? Já te disse que valoriza muito a sua amizade????
Se a resposta para alguma dessas perguntas for sim, caia fora!!!!
É minha amiga, eu sei, ele é gatinho, é gostosinho, fala gostoso ao pé do seu ouvido... Mas não está mais a fim de você! Paciência, é a vida, a fila tem que andar! Não vai adiantar você chorar, espernear, chantagear e muito menos ir parar num centro de macumba, já era! O bofe já está em outra meu amor, então só te resta esquecer, ou fingir que esqueceu até isso acontecer de verdade, e começar a respirar novos ares.
Existem muitos machistas por aí, metendo o pau (no sentido figurado hein) na mulherada, que elas são todas vagabas, que nenhuma presta, etc. Please, não deem motivos para eles continuarem falando, simplesmente mudem!
Curtir a vida? Beijar na boca? Sexo ocasional?
Isso tudo é muito bom mesmo! Mas se amem e se respeite em primeiro lugar (ok, isso é bem clichê, mas não é verdade?).

9 comentários:

  1. Bem direta em sua colocações...Gostei!

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que se vc ta a fim de um cara, vai pra cima, mas ficar se humilhando nao rola.

    To seguindo!

    bjus

    ResponderExcluir
  3. isso me lembrou tanto aquele filme "Ele não está tão a fim de você"... (indiquei o filme pra uma amiga que fica retardada correndo atrás, e ela não entendeu...)

    ResponderExcluir
  4. Hum.. Nunca vi esse filme, mas fiquei curiosa, vou procurá-lo!

    ResponderExcluir
  5. Esses homens são todos cafajestes!! Para que procura se não quer!!!!

    ResponderExcluir
  6. maclovin_s2@hotmail.com1 de março de 2011 02:32

    Concordo plenamente com o que disse! Impressionante como as mulheres correm atras da gente mesmo sem a gente fazer nada. Concordo que o número de homens que prestem seja realmente pequeno. Mas também é relativo. Hoje tudo mudou, as mulheres lutaram tanto por direitos iguais, que enfim conseguiram, porém não sabem oq fazer com esses direitos. E nem conseguem entender as consequencias disso tudo. Já viajei para um lugar onde conheci mulheres realmente independentes, a maioria mulheres atraentes, que faziam sexo casual, só pra se satisfazerem. Nunca tinha experimentado algo assim, sexo sem compromisso, mas sabendo respeitar o outro, vc escolhe oq quer fazer. Falta um pouco de amor no negocio, mas cada dia que passa vejo que a cultura do amor ja nao funciona mais. O problema da mulher brasileira é que ela quer ser independente financeiramente, mas seu maior medo é ficar para titia, por isso grudam tanto e acabam sufocando a relaçao com suas cobrança e marcação serrada. O homem hoje em dia precisa mais do que nunca do seu espaço e do seu tempo para assimilar qual é seu papel na relaçao. Enquanto isso a mulher continua idealizando o conto de fadas de um casamento perfeito. Etc e tal...

    ResponderExcluir
  7. Ótima observação! Realmente, o que tem atrapalhado e muito a mulherada é esse medo de ficar pra titia, elas acabam assustando os homens com a fobia de cosntituir família.

    ResponderExcluir
  8. Mulher não gosta de ouvir NÃO!
    detesto ser contrariada e principalmente levar um "TOCO"....

    ResponderExcluir
  9. AS que gostam são aquelas que insistem depois do "TOCO"

    ResponderExcluir